Cidade natal de Michael Jackson chora a morte do cantor

GARY ¿ A cidade natal do cantor americano Michael Jackson, Gary (Indiana, nordeste), chorava nesta terça-feira o filho predileto com tributos e lágrimas.

AFP |

Um cartaz, no restaurante central em frente ao estádio de beisebol, convida os moradores a acompanharem a transmissão do serviço oficial de Los Angeles.

"Michael Jackson é o número um, porque rompeu todas as barreiras da música", disse Ebony Hodge, de 23 anos, garçonete do Bennigan's.

"Pode misturar rock and roll, hip-hop, rhythm and blues. Sua música não tinha uma cor em particular".

Os fãs chegavam em ondas à casa da família, no número 2300 da Jackson Street, tirando fotografias, assediados por vendedores de suvenires.

Para os moradores, Michael Jackson e os Jackson Five são um exemplo para os jovens que vivem na cidade, incluída na lista das 10 mais violentas do país pelo FBI.

Os Jackson Five ganharam um concurso de talentos em Gary em 1965, quando Michael tinha apenas 6 anos.

A família deixou a cidade, que fica a 16 km a sudeste de Chicago, quando Michael tinha 11 anos, depois de assinar contrato com a Motown Records.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG