Acordo dá à mãe de Michael Jackson guarda dos filhos do cantor

WASHINGTON ¿ A mãe de Michael Jackson, Katherine, será a responsável definitiva dos três filhos do cantor, segundo um acordo de custódia divulgado hoje pelos meios de comunicação americanos.

EFE |

Segundo o programa "Today" da emissora "NBC", a mãe biológica das duas crianças mais velhas, Debbie Rowe, manterá seus direitos como progenitora, mas se compromete a não pedir a guarda dos filhos, Prince Michael, de 12 anos, e Paris Michael, de 11.

A mãe biológica da terceira criança, Prince Michael II, conhecido também como "Blanket", de sete anos, nunca foi identificada.

Rowe, segundo a "NBC", poderá ver os filhos, mas não receberá nenhum dinheiro da herança de Michael além do pactuado em seu acordo nupcial com o cantor e que é calculado em US$ 8,5 milhões.

Prince Michael e Paris já sabem que Debbie Rowe é sua mãe e "como parte central do acordo começarão a manter uma relação com ela agora que o pai morreu", segundo o programa.

Em entrevista ao programa "The Early Show", da cadeia "CBS", o advogado de Katherine Jackson, Londell McMillan, assegurou que se trata "de um acordo em benefício das crianças. Não se trata de dinheiro".

"Vamos emitir um anúncio em breve sobre este assunto e tudo está resolvido. Não há uma situação melhor para estas crianças que serem criadas sob os cuidados amorosos da senhora Jackson", declarou McMillan.

De acordo com o testamento de Michael, sua mãe recebe 40% da herança, mas Katherine quer ser mantida a par de todos os negócios.

Segundo o programa "Good Morning America", as partes implicadas no acordo comparecerão hoje em um tribunal de Los Angeles para que um juiz aprove o pacto.

Em 29 de junho, um tribunal de Los Angeles atribuiu a Katherine Jackson a custódia temporária dos três filhos do cantor.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG