Resgate de mineiros deve terminar na quinta-feira de manhã

Com ritmo de uma hora para trazer cada trabalhador à superfície, operação de retirada deve durar mais um dia

Luísa Pécora, enviada a Coapiapó, Chile |

O resgate dos 33 homens presos na mina San José, no Chile, só deve terminar na manhã de quinta-feira, se for mantida a média de tempo necessário para trazer cada trabalhador à superfície: uma hora.

A operação começou às 23h08 de terça-feira com a chegada do paramédico Manuel González ao refúgio dos mineiros, por meio da cápsula Fênix. Desde então, todos os mineiros resgatados estão sendo levados ao hospital de Copiapó, cidade a 45 km da mina, onde ficarão por pelo menos 48 horas.

O ministro da Saúde do Chile, Jaime Mañalich, afirmou nesta quarta-feira que "as coisas estão indo extraordinariamente bem até aqui". No twitter, o ministro da Mineração, Laurence Golborne, disse que a equipe está melhorando a frequência de saída. "Até o grupo dos mais delicados está bem", afirmou.

Comoção

No acampamento Esperança, onde familiares dos mineiros vivem desde o acidente, houve grande comoção no momento em que o paramédico Manuel Gonzáles entrou na cápsula Fênix e desceu 622 metros, até encontrar os mineiros no refúgio onde ficaram presos desde 5 de agosto. Foram muitos aplausos e gritos de “Chi Chi Chi Le Le Le”, o ‘hino’ preferido dos chilenos.

Depois de 16 minutos, Gonzáles chegou ao refúgio e cumprimentou os mineiros, uma imagem impressionante transmitida ao vivo para todo o mundo.

Após receber algumas orientações do paramédico, Florencio Ávalos, o primeiro mineiro a ser resgatado, entrou na cápsula Fênix e, cerca de 15 minutos depois, às 0h10, chegou à superfície a salvo. Do lado de fora da mina, seu filho Byron, de sete anos, esperava por ele muito emocionado. No acampamento, familiares e jornalistas não conseguiram conter as lágrimas, enquanto o céu do deserto do Atacama foi enfeitado por balões com a bandeira chilena, lançados ao ar durante a comemoração.

Depois da retirada dos mineiros presos, será necessário içar os paramedicos que desceram ao refúgio para ajudar no resgate.

    Leia tudo sobre: chilemineirosresgateminacopiapó

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG