Aniversário de morte será marcado por homenagens a Michael Jackson

Cidade natal do cantor terá monumento inaugurado em seu nome

EFE |

Getty Images
Cantor receberá homenagens de fãs pelo mundo
O cemitério onde Michael Jackson foi enterrado, em Los Angeles, será um lugar de peregrinação nesta sexta-feira para os fãs do "rei do pop", no primeiro aniversário de sua morte, que será lembrada também em sua cidade natal, Gary, no estado americano de Indiana. Está previsto que o cemitério Forest Lawn de Glendale, em Los Angeles, onde está sepultado o corpo do artista, receba milhares de fãs do cantor.

No entanto, eles não poderão se aproximar de seu túmulo, segundo os gerentes do cemitério. Apesar dos pedidos dos fãs, as instalações estarão sob proteção da Polícia. Os visitantes não poderão levar câmeras e será proibido soltar balões e pombas, assim como realizar qualquer tipo de manifestação artística. Será permitido que os fãs depositem flores perto do túmulo do "rei do pop", apesar de o mausoléu estar fechado.Só amigos próximos e familiares do artista terão acesso a ele.

As principais homenagens a Michael acontecerão em sua cidade natal, Gary, em Indiana, onde será inaugurado um monumento em seu nome em um ato que contará com a presença de sua mãe, Katherine Jackson, e que será seguido por uma vigília com velas e a interpretação da música "We Are The World". Alguns objetos do cantor serão leiloados em Las Vegas, e haverá mostras especiais dedicadas ao cantor nos museus de cera Madame Tussauds pelo mundo.

Também haverá um ato em sua homenagem no Teatro Apollo, em Nova York. No sábado acontecerá um evento em Los Angeles chamado "Forever Michael", que não foi aprovado pelos representantes legais do cantor, mas sim por sua mãe, e que servirá para apresentar oficialmente o livro "Never Can Say Good Bye: The Katherine Jackson Story".

Desde o início do dia, vários canais de televisão dos EUA realizarão transmissões especiais em torno da figura de Michael Jackson, que morreu em 25 de junho de 2009 vítima de uma intoxicação aguda de anestésicos quando estava preparando seu retorno aos palcos.

    Leia tudo sobre: iGmichael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG