Meia-irmã de Lula prefere tucano para governo de MT

Petista de carteirinha, Ledinalva não vota de jeito algum no candidato oficial Silval

Kelly Martins, iG Cuiabá |

Arte/iG
Ledinalva diz não ter problemas com o irmão famoso. Mesmo petista, prefere tucano para MT
A funcionária pública e filiada ao PT, Ledinalva Silva dos Santos (53) prefere o tucano Wilson Santos para governador de Mato Grosso.

Até nada aí demais, a não ser por um detalhe: Ledinalva é meia-irmã (por parte de pai) do presidente Lula.

Apesar de não ter problemas com o irmão famoso, a funcionária pública adianta que não apoiará de jeito algum Silval Barbosa (PMDB), atual governador que lidera as pesquisas de intenção de voto, com 38%.

Mas na justificativa pela escolha de Santos, Ledinalva exibe uma aparente contradição.

Ela considera que o tucano tem o mesmo perfil de Lula. “Wilson Santos é como o Lula, pois ele também defende e trabalha pelo povo”. E Silval?

Durante a visita da dupla Lula-Dilma à Capital, no início do mês, Ledinalva não marcou presença no ato promovido por Barbosa.

Para a irmã do presidente, Wilson Santos “é o melhor candidato para este pleito e que tem todas as condições para fazer um bom trabalho no comando do Estado”.

Segundo colocado nas pesquisas de intenção para o governo local (18%), Santos – ex-prefeito de Cuiabá por duas vezes – amarga o mais alto índice de rejeição (42%) entre os concorrentes, segundo a pesquisa Vox Populi Rede Bandeirantes, realizada de 21 a 24 de agosto.

A funcionária diz que não vota em Silval porque o candidato não priorizou áreas essenciais como a Saúde, Educação e Segurança Pública. Na sua avaliação, o peemedebista foca sua campanha apenas em metas ligadas à infraestrutura do Estado e habitação.

“Ele (Silval) não aproveitou bem os seis meses em que esteve à frente do Estado. Então, não acho que ele agrega o que o Estado hoje precisa. Já o Wilson, eu conheço o trabalho e sei das suas intenções. Não é só agronegócio”, ironizou.

A funcionária pública mora há mais de 20 anos em um bairro da periferia de Cuiabá.

A proximidade com o tucano a levou a trabalhar como assessora de gabinete na Prefeitura de Cuiabá, sob o comando do prefeito Chico Galindo (PTB).

Os principais projetos do candidato do PSDB se concentram nas áreas de Educação e Saúde, com a promessa de construção de hospitais, clínicas e novas escolas.

Na reta final de campanha, Ledinalva tem acompanhado o tucano em algumas reuniões políticas, mas evitou associar sua imagem a Santos na propaganda eleitoral.

Sobre Lula, Ledinalva considera que “ele foi um ótimo presidente e fez tudo o que foi possível fazer”. Ela se filiou ao PT em 2004 e garante não haver problemas na divergência de opinião com o irmão.

"Ele (Lula) nunca interferiu nas minhas decisões ou escolha porque é democrático", declarou ao reforçar que mantém mais contato com outros parentes do que com o presidente.

Em relação à disputa pela Presidência da República, ela garante não ter ainda escolhido entre José Serra (PSDB) e Dilma Rouseff (PT), que lidera as pesquisas de intenção de voto no Estado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG