Marconi mantém Lula em programa eleitoral de TV

Tucano decide manter imagens do presidente em sua propaganda eletrônica, mas evita explicar omissão de Serra

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

O candidato do PSDB ao governo de Goiás Marconi Perillo pretende manter as imagens do presidente Lula em seus tres últimos programas eleitorais antes do pleito, em 3 de outubro.

O curioso é que o tucano, nessa matéria, não faz qualquer menção ao candidato de seu partido, José Serra, dois dígitos atrás da presidenciável petista, a ex-ministra Dilma Rousseff.

Mais interessante ainda é notar que Marconi, com a atitude, acaba se rendendo à popularidade incontestável de Lula, assim como fazem seus adversários e aliados do Planalto, Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PR).

O responsável pelos vídeos do tucano, Carlos Maranhão, afirmou que não explicitaria a estratégia do tucano na última semana de campanha, mas não negou que Lula apareceria novamente.

Nos programas de TV exibidos na noite de quarta-feira e na manhã de hoje, a última cena mostra o presidente elogiando Marconi pela sugestão de unificar os programas sociais na solenidade de lançamento do Bolsa-Família.

"O objetivo foi mostrar que o presidente Lula elogiou os programas sociais que implantei e agradeceu minha sugestão para o Bolsa Família", explicou Marconi em reunião numa empresa em Aparecida de Goiânia.

A aparição do petista ganha relevância porque, ao mesmo tempo, jamais Serra apareceu em qualquer dos programas de rádio ou TV de Marconi.

A estratégia serviu, ainda, para combater as imagens do presidente em comício este mês, quando proferiu ataques ao tucano. A cena é utilizada na abertura do programa de Iris Rezende (PMDB) desde então.

Como a propaganda de Marconi vai o ar logo antes do peemedebista, as duas cenas de Lula foram ao ar juntas sem que houvesse indicação do término de um programa e início do outro.

"Não tive e nem tenho essa intenção de confundir o eleitor", garantiu Marconi.

Responsáveis pela produção do programa de TV de Iris Rezende confirmaram a intenção de produzir propaganda para hoje à noite em que a fala de Lula para Iris será separada da de Marconi.

A característica de Iris como “parceiro de Lula e Dilma” também será reforçada.


    Leia tudo sobre: Eleições GOEleições Marconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG