Marconi está pouco à frente de Iris

Pesquisa Serpes/O Popular, no entanto, aponta tendência de empate técnico entre os candidatos

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

Pesquisa Serpes/O Popular divulgada hoje aponta que Marconi Perillo (PSDB) tem 51,9% das intenções de voto, enquanto Iris Rezende (PMDB) tem 43,6%.

A diferença entre os candidatos, portanto, seria de 8,3 pontos percentuais.

Mas, apesar da diferença a curva dos dois candidatos mostra tendência de empate técnico, conforme indicam outros institutos de pesquisa.

Na primeira rodada da pesquisa, divulgada no último dia 15, Marconi tinha 52,9%, na segunda rodada, do dia 22, apareceu com 51,7% e chegou aos 51,9% de hoje.

Já Iris Rezende apresentou evolução crescente desde o início do segundo turno, passando sucessivamente para 41,4%, 41,8% e 43,6% das intenções de voto.

A pesquisa aponta, ainda, que 2,1% de eleitores votariam nulo e 2,4% de indecisos.

Contando apenas os votos válidos, Marconi teria 54,3% e Iris 45,7%.

Com a margem de erro de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos, o tucano varia de 51,2% a 57,5% e o peemedebista de 42,5% a 48,8%.

Iris continua com o maior índice de rejeição, de 21,4% e Marconi, 17,8%.

Outros 61,3% não rejeitam ninguém e somente 0,9% não sabe.

Na pesquisa por regiões do Estado, Marconi continua liderando a maioria delas, exceto na Capital, onde a vantagem é de Iris Rezende (51,6% a 44,3%).

Essa vantagem em Goiânia é o que contribui com o equilíbrio da disputa, já que a cidade é o maior colégio eleitoral do Estado.

Retorno

A pesquisa mostra ainda o retorno da petista Dilma Rousseff na preferência dos goianos à Presidência.

Dilma conseguiu o maior número de votos no Estado no primeiro turno, mas na primeira rodada da pesquisa, ela tinha 43,1% das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) tinha 50%.

Na segunda rodada, Serra mantinha a liderança no Estado com 47,5% contra 44,5% da petista.

Nesta rodada, ela aparece com 48,3% enquanto o tucano caiu para 44,3%.

A pesquisa mostra que o comício de Lula e Dilma em Goiânia apresentou maior efeito que as caminhadas de José Serra, Aécio Neves e Geraldo Alckmin na Capital.

Votos nulos somam 3,7% e indecisos, 3,8%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 29 de outubro com 1.001 eleitores e está registrada do TSE e no TRE-GO.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG