Marconi critica pesquisas; Iris evita comentar

Tucano avalia que ¿há instituto que usa pesquisa para ganhar dinheiro¿

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

Marconi Perillo (PSDB) defendeu hoje mudanças nos modos de fazer pesquisa no Brasil. “Tem instituto que usa pesquisa para ganhar dinheiro”, disse em entrevista a uma rádio.

Nesta semana 15 pessoas foram presas por compra de votos após reunião do Instituto Verus, em Anápolis.
A empresa afirma que fazia apenas pesquisa qualitativa.

O tucano afirmou ainda que, se eleito, irá “desarmar palanques e fazer uma união por Goiás”.

Marconi participou de evento religioso em Trindade e seguiu para Palmeiras de Goiás, onde já votou. Ele segue agora para Pirenópolis para acompanhar o voto da esposa Valéria Perillo.

Antes de sair para votar, Iris Rezende (PMDB) afirmou estar otimista. “O povo sabe o que quer e saberá escolher o melhor”, disse em coletiva.

Iris evitou entrar na polêmica sobre as contradições dos institutos de pesquisa e afirmou que não pedirá investigação. “Estou numa fase da vida em que me coloco acima de questões menores”, disse.
Iris Rezende votou por volta das 9h30 no Colégio Marista.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG