Marconi anuncia equipe de transição semana que vem

Governador eleito adianta que não cederá a pressões para compor secretariado e alfineta Alcides

Rodrigo Viana. iG Goiânia |

Em entrevista a um telejornal, o governador eleito Marconi Perillo (PSDB) avisou que determinará os nomes para a equipe de transição na próxima semana e que não cederá a pressões políticas para formar a nova equipe de governo.

O próximo governador não deixou de externar a insatisfação com a gestão Alcides Rodrigues e se comprometeu a terminar o Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Um das críticas mais duras do tucano a Alcides durante a campanha foi que o atual governador não terminou as obras que ele havia deixado ao fim do governo.

Sobre a relação com outros Estados e com a União, Marconi afirmou que tentará relação respeitosa. O governador eleito afirmou que conversou com Agnelo Queiroz (PT-DF) e começou a planejar ações conjuntas.

Sobre Dilma, Marconi disse que terá respeito a ela e vice-versa e que acredita que ela terá "mais maturidade e equilíbrio que Lula".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG