Manifestantes invadem reitoria da Unicamp

Entre 300 e 400 pessoas invadiram o prédio da reitoria da universidade para pedir reabertura de negociações por aumento salarial

Carolina Rocha, iG São Paulo |

Funcionários das três universidades estaduais de São Paulo (USP, Unesp e Unicamp) invadiram a reitoria da Unicamp na tarde desta quarta-feira para pedir a reabertura das negociações com o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp).

De acordo com Anibal Ribeiro Cavali, diretor do Sindicato dos Funcionários da USP (Sintus) e que representa os empregados das três universidades, entre 300 e 400 pessoas estavam fazendo manifestação na reitoria da Unicamp nesta quarta para tentar conversar com o reitor da universidade. “O Fernando Costa não estava lá. Estávamos preparados para fazer a entrega do pedido de negociação, mas percebemos o posicionamento negativo, então ocorreu a invasão”, conta Cavali.

Segundo o diretor do sindicato, a ocupação durou cerca de duas horas e não houve confronto com a Polícia Militar. Na tarde de terça-feira, os manifestantes haviam feito protesto na porta da reitoria da USP, mas não invadiram a reitoria da instituição.

Os funcionários das três universidades querem aumento de 16% nos salários, mais R$ 200,00, além da isonomia salarial com os professores das instituições.

    Leia tudo sobre: GreveManifestaçãoUnicampUSPUnespReitoria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG