Make up seguro

Make up seguro Por Caline Migliato São Paulo, 06 (AE) - Para muitas mulheres, maquiar-se faz parte de um ritual diário que demanda tempo e criatividade. Mas há outros tipos de cuidados essenciais que devem ser levados em conta além da estética, para preservar a saúde e garantir a durabilidade dos produtos.

iG São Paulo |

Make up seguro Por Caline Migliato São Paulo, 06 (AE) - Para muitas mulheres, maquiar-se faz parte de um ritual diário que demanda tempo e criatividade. Mas há outros tipos de cuidados essenciais que devem ser levados em conta além da estética, para preservar a saúde e garantir a durabilidade dos produtos. O primeiro deles começa na compra. O recomendável é sempre adquirir produtos de marcas idôneas e conhecidas. A atenção na compra deve ser redobrada com as opções artesanais. "O perigo está nos pigmentos e corantes usados na fabricação de produtos de marcas clandestinas. Muitos vêm da indústria automobilística e da fabricação de pisos, o que não acontece nas marcas regulamentadas", diz o vice-presidente administrativo da Associação Brasileira de Cosmetologia, Jadir Nunes. Uma dica é desconfiar de preços muito baixos, com manchas ou lacres rompidos, sinais que podem sugerir fraude. "Outra indicação é verificar os dados da empresa e do responsável técnico, além do número de registro na Anvisa que devem estar muito claros no verso do rótulo da embalagem", aconselha Nunes. Além da procedência ruim dos produtos, outro fator que pode ser prejudicial para a saúde é o hábito de compartilhar maquiagem. Os itens são de uso pessoal, não é recomendável emprestá-los para amigos ou familiares, sobretudo sem os cuidados de higiene necessários (leia boxe abaixo). Nunes conta que os produtos em pó são mais resistentes a bactérias do que as versões mais fluidas, à base de água. Outro cuidado importante é com o armazenamento dos itens. "Guarde sempre em local fresco e arejado, evite o calor e a luz solar direta, além da umidade. Não deixe as embalagens em constante pressão, como se estivessem espremidas", diz Nunes. A falta de atenção aos detalhes de conservação pode causar o adiantamento da data de validade, ocasionando a diminuição da eficácia do produto e até mesmo problemas de saúde. "A data de validade deve ser sempre respeitada. Os produtos são submetidos a rigorosos testes de temperatura para se chegar ao período que consta na embalagem", adverte Nunes. PROBLEMAS DE SAÚDE A dermatologista Ursula Metelmann relata os principais problemas decorrentes do uso de produtos de baixa qualidade ou fora da validade. "Algumas substâncias, como os corantes, podem provocar alergia. O rímel, por exemplo, de procedência duvidosa, pode ser contaminado por níquel durante a sua fabricação. Produtos fora da validade têm sua composição química modificada, o que pode causar alergia e também infecções bacterianas", explica. Sobre compartilhar itens do estojo de maquiagem, a médica destaca as principais doenças que podem ser contraídas. "Herpes labial ao compartilhar batons, conjuntivite com os itens usados na área dos olhos e foliculite, que é uma inflamação dos poros da pele e pode ser desencadeada pelo compartilhamento de esponjas e pincéis", completa. A dermatologista também ressalta a importância de usar filtro solar e, logo depois, um hidratante antes de maquiar-se. "Não é bom ficar horas e horas com a maquiagem e, assim que possível, é melhor remover os produtos com um removedor de maquiagem específico para cada tipo de pele e produtos oleosos direcionados para a área dos olhos. A falta desse cuidado pode levar à perda dos cílios". A médica ressalta que os últimos lançamentos no mercado de cosméticos apresentaram maquiagens à base de sais minerais. "Esses produtos são naturais e consequentemente causam menos irritação em comparação às maquiagens antigas, produzidas com metais mais pesados", completa Ursula. BOXE Higienização correta garante durabilidade dos produtos A maquiadora Evani Cavanha, do Gilberto Cabeleireiros, dá algumas dicas para garantir a durabilidade e a correta higienização dos produtos de maquiagem. "Como estamos em um salão de beleza, sempre maquio muitas clientes e o cuidado deve ser redobrado", conta. - Organização: guarde sua maquiagem em uma maleta, longe do calor e da umidade. Os pincéis devem ficar em um estojo próprio, com as cerdas para cima. - Esponja: se o uso for individual, a esponja deve ser fervida e lavada pelo menos uma vez por semana. No entanto, ela deve ser descartada sempre que o uso for compartilhado. - Pincéis: uma vez por semana passá-los em benzina e, posteriormente, lavá-los com xampu de bebê se forem compartilhados. Caso contrário, lave-os em água corrente e xampu uma vez por semana. Tome cuidado para não danificar as cerdas quando enxaguá-los. Com os pincéis de boca, o cuidado deve ser redobrado. Lave-os sempre e, se compartilhado, use álcool para desinfetar. - Lápis: use um algodão com álcool para limpá-lo. Outra opção que pode ou não ser adotada em conjunto é apontá-lo para retirar a parte usada. (C.M./AE)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG