Lula: Mercosul deve se apoiar nas conquistas para seguir em frente

O Mercosul passou por dificuldades, mas não pode se dar ao luxo de perder suas conquistas e deve seguir avançando, disse nesta quinta-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao encerrar a XL Cúpula Social do bloco.

AFP |

Reuters
Lula e Fernando Lugo na Cúpula do Mercosul
"Não temos o direito de perder o que conquistamos. Não conquistamos tudo, e por isto as vezes há críticas, mas é necessário ver onde estamos e aonde chegamos. Não há mais volta. Temos que seguir adiante, construindo este extraordinário projeto do Mercosul", destacou Lula.

O presidente lembrou que o Mercosul atravessou dificuldades enormes quando a região passou a analisar a possibilidade de integrar a Área de Livre Comércio das Américas (Alca) com os Estados Unidos, em lugar de aprofundar as relações comerciais e políticas na região, em meados dos anos 90.

"Precisamos ter a compreensão do que era a América do Sul há dez anos", quando "o Mercosul estava na lata do lixo" porque "a Alca se apresentava como a salvação da região, já que tínhamos os Estados Unidos para comprar nossos produtos".

Lula afirmou que o Mercosul se sobrepôs e construiu "uma relação política invejável".Luiz Inácio Lula da Silva presidirá nesta sexta-feira a XL Cúpula Presidencial do Mercosul, quando se despedirá do bloco, antes de entregar o governo brasileiro à Dilma Rousseff.

A XL Cúpula Social do Mercosul reuniu durante dois dias representantes de redes sociais e sindicais dos países do bloco.

    Leia tudo sobre: BrasilMercosulLula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG