Lula diz que se Tuma Jr. for culpado terá de pagar

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, poderá ter de pagar "como qualquer brasileiro" caso sejam comprovadas as supostas infrações divulgadas na imprensa - gravações de conversas telefônicas do secretário com um dos chefes da máfia chinesa no Brasil - e que envolvem o seu nome. As informações são da Agência Brasil.

iG São Paulo |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, poderá ter de pagar "como qualquer brasileiro" caso sejam comprovadas as supostas infrações divulgadas na imprensa - gravações de conversas telefônicas do secretário com um dos chefes da máfia chinesa no Brasil - e que envolvem o seu nome. As informações são da Agência Brasil.

"Existe uma suspeita contra um delegado de carreira, que está sendo investigada pela própria corporação. Nós vamos ver qual é a verdade dos fatos. Se a verdade apontar para a culpa dele, ele deverá pagar, como aconteceria com qualquer cidadão", disse o presidente, após ser vacinado e lançar a campanha de vacinação para idosos contra a gripe comum, em São Bernardo do Campo.

Ainda em São Bernardo do Campo, Lula falou também sobre a ajuda que o Brasil está enviando, via Fundo Monetário Internacional (FMI), para a Grécia. O governo já anunciou que o Brasil irá colocar, como credor, US$ 286 milhões no pacote de ajuda aos países em crise na Europa que está sendo elaborado pelo FMI. "Estamos em condições de ajudar o FMI, a Grécia e podemos ajudar os países mais pobres", ressaltou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG