Livro indica trilhas para desbravar a Serra da Mantiqueira de bicicleta

Livro indica trilhas para desbravar a Serra da Mantiqueira de bicicleta Por Equipe AE São Paulo, 06 (AE) - Algo em torno de mil quilômetros de trilhas e mais de 25 cidadezinhas para visitar, além de rios, cachoeiras, rochas e matas. Tudo para ser desbravado de bike e bem perto de São Paulo, na Serra da Mantiqueira.

iG São Paulo |

Livro indica trilhas para desbravar a Serra da Mantiqueira de bicicleta Por Equipe AE São Paulo, 06 (AE) - Algo em torno de mil quilômetros de trilhas e mais de 25 cidadezinhas para visitar, além de rios, cachoeiras, rochas e matas. Tudo para ser desbravado de bike e bem perto de São Paulo, na Serra da Mantiqueira. Esse belo roteiro turístico em meio à natureza acaba de ser mapeado e reunido em livro pelo especialista em esportes de aventura Guilherme Cavallari. O "Guia de Trilhas CicloMantiqueira" (Ed. Kalapalo, 128 págs., R$ 39) mostra 30 opções de trajetos, com alternativas tanto para aventureiros experientes quanto para aqueles que estão começando a fazer viagens de bicicleta. E mesmo quem não está disposto a acampar pelo caminho pode aproveitar as sugestões de roteiros. Em cada trecho, as cidades de partida e chegada contam com opções de hospedagem e alimentação. A seguir, selecionamos trilhas para três níveis de viajantes - que tal se animar e experimentar um jeito diferente de cair na estrada? F¿?CIL De Extrema a Joanópolis Roteiro de 20,3 km, com equilíbrio entre subidas e descidas, ideal para quem está começando. O passeio pode ser feito em um dia. De Maria da Fé a Itajubá O trecho de 23,21 km acompanha o leito de uma extinta ferrovia, ao lado de grandes paredões de pedras que foram recortados para a passagem do trem. MODERADA De Marmelópolis a Passa Quatro Estradinhas de terra cortam a parte mais montanhosa da Mantiqueira, onde está a maior área de preservação natural. São 33,62 km com mais descidas que subidas - o que pede certo preparo. De Gonçalves a São Bento de Sapucaí Pedras soltas e valetas compõem os 24,85 km - em dias de chuva, só os 4X4 passam. Gonçalves, com bons restaurantes e pousadas, é a aposta turística da região. DIF¿?CIL De Itamonte a Maringá Subidas não vão faltar nos 91,32 km - se somadas, ultrapassam os 3 mil metros. Por isso, completar a trilha em um dia é para poucos. É possível (e recomendável) dividir o roteiro em dois ou três dias: há boas pousadas pelo caminho. De Itajubá a Campos do Jordão Disposição e preparo técnico são necessários para encarar os 59,66 km até o destino mais badalado da serra. Principalmente durante os 10 km de subida praticamente constante - mas a vista compensa o esforço.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG