Justiça eleitoral proíbe deputado de criticar governador de GO

Carlos Alberto Lereia está impedido de criticar Alcides Rodrigues pelo twitter

Pedro Palazzo Repórter iG Goiânia |

O deputado federal Carlos Alberto Lereia (PSDB) foi proibido pela Justiça Eleitoral de fazer críticas no Twitter ao governador Alcides  Rodrigues (PP) e ao candidato ao governo Vanderlan Cardoso (PR). O
pedido foi feito pela Coligação Goiás no Rumo Certo, liderada pelo republicano.

A decisão foi proferida pela juíza Eleitoral Doraci Lamar. Leréia é aliado do senador e candidato ao governo Marconi Perillo (PSDB). O deputado, também por meio do Twitter, divulgou nota criticando a decisão da justiça. Ele acusa o governo Estado de estar “se apossando de algumas ferramentas para oprimir a liberdade de expressão”.

Em julho, a Justiça Eleitoral mandou o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), desfazer seu Twitter. Pedido protocolado pelo PPS (aliado a Marconi) alegava que Garcia usava perfil oficial para promover o candidato ao governo, Iris Rezende. O petista tirou a logomarga da prefeitura e manteve sua conta no site.

    Leia tudo sobre: Justiça crítica twitter GO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG