Irene pode ter provocado prejuízos de até US$ 400 mi

Empresa que simula custo de desastres naturais previu gasto que deve ficar para as companhias de seguros

AE |

selo

O furacão Irene pode ter causado até US$ 400 milhões em prejuízos para as seguradoras após sua passagem pelas Carolinas, de acordo com uma empresa que realiza simulações dos custos de desastres naturais, a Eqecat Inc. A companhia estimou que a passagem do Irene pela Carolina do Sul e Carolina do Norte provocou prejuízos entre US$ 200 milhões e US$ 400 milhões.

Os dois foram os primeiros Estados norte-americanos a serem atingidos pelo Irene ontem, antes de o furacão virar hoje uma tempestade tropical. Embora expressivos, os danos estimados para o Irene são pequenos quando comparados ao prejuízo provocado para a indústria de seguros após a passagem do furacão Floyd, a mais cara tempestade a atingir a Carolina do Norte, que em 1999 provocou perdas de US$ 1,4 bilhão. As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: ECONOMICOECONOMIA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG