Inserções do PT na TV buscam comparar Lula e FHC

Num esforço para polarizar o debate eleitoral em uma disputa entre PT e PSDB, os petistas investem mais uma vez na comparação entre as gestões dos presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva nas duas inserções do partido que começam a ir ao ar na noite de hoje. Os anúncios de 30 segundos, que serão veiculados nas emissoras de rádio e de televisão, lançam mão da estratégia para ressaltar as conquistas do PT à frente do Palácio do Planalto e reafirmar a presidenciável Dilma Rousseff como um nome que dará continuidade aos programas tidos como vitrines administrativas do governo Lula.

iG São Paulo |

Num esforço para polarizar o debate eleitoral em uma disputa entre PT e PSDB, os petistas investem mais uma vez na comparação entre as gestões dos presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva nas duas inserções do partido que começam a ir ao ar na noite de hoje. Os anúncios de 30 segundos, que serão veiculados nas emissoras de rádio e de televisão, lançam mão da estratégia para ressaltar as conquistas do PT à frente do Palácio do Planalto e reafirmar a presidenciável Dilma Rousseff como um nome que dará continuidade aos programas tidos como vitrines administrativas do governo Lula.

Na primeira inserção, que será também divulgada no sábado e na terça-feira, um carrinho é mostrado em ascensão em uma montanha-russa de um parque de diversão. Um locutor afirma que durante a gestão do PT "24 milhões de brasileiros saíram da miséria e 31 milhões passaram para a classe média". Ao chegar no topo da subida, a voz de fundo pergunta: "Quem você acha que pode fazer com que mais gente prospere na vida?"

Nesse momento, a imagem colorida se torna fosca e os vagões descem em alta velocidade. O locutor continua. "Uma pessoa que tem a mesma visão de Lula ou alguém que fez parte de um governo que aumentou o desemprego, os impostos e pouco reduziu a pobreza?" Em seguida, uma placa de proibido fazer o retorno é mostrada ao lado do slogan: "O Brasil não pode voltar ao passado."

Na segunda inserção, Dilma é mostrada elogiando o governo Lula. A pré-candidata afirma que a administração do PT "sabe planejar e fazer". "Apoia as empresas brasileiras e promove o desenvolvimento de todas as regiões e o bem-estar de toda população", defende. Com um sorriso no rosto, a petista arremata: "É fundamental continuar nesse caminho." Em seguida, imagens de Dilma são mostradas na tela e um locutor entoa ao fundo: "O Brasil já encontrou um rumo certo. É hora de acelerar e ir em frente."

Propaganda eleitoral gratuita

Além dos dois anúncios, a equipe do marqueteiro João Santana produziu a propaganda eleitoral gratuita do partido que será transmitida em rede nacional no dia 13 de maio. Lula e Dilma devem estrelar o anúncio de 10 minutos, que ainda está em processo de edição. Na noite de ontem, o Ministério Público Federal (MPF) posicionou-se contra a exibição da propaganda. Em parecer enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a instituição recomendou a cassação do direito de transmissão do programa partidário.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG