Iniciativa Infosiga faz parte do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que tem como objetivo reduzir pela metade número de mortos em acidentes até o ano de 2020

Relatório sobre acidentes indicará faixa etária, gênero da vítima, perfil do acidente e tipo do veículo
Ciete Silvério/Divulgação - 23.2.16
Relatório sobre acidentes indicará faixa etária, gênero da vítima, perfil do acidente e tipo do veículo

Desenvolvido pelo governo do Estado de São Paulo, o Infosiga é um relatório publicado mensalmente para informar a população sobre acidentes e mortes ocorridas no trânsito em todo o território paulista. A iniciativa faz parte do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que tem como objetivo reduzir pela metade as mortes em acidentes de trânsito até 2020.

Os dados são atualizados no dia 19 de cada mês e mostram informações como o número de acidentes com mortes, a quantidade de óbitos, o perfil de cada vítima – faixa etária, gênero e se ocupava um veículo ou era pedestre – e o tipo de acidente (se foi uma colisão ou um atropelamento, por exemplo). As informações serão baseadas em boletins de ocorrência registrados pela Polícia Civil.

Para que a meta estipulada pelo governo de SP seja alcançada, foram intensificadas ações voltadas para educação no trânsito, segurança das vias e veículos, além de gestão nas respostas para acidentes.

Alguns municípios também assinaram convênios para que iniciativas locais sejam aplicadas. Serão destinados cerca de R$ 10,5 milhões de recursos do Estado para a fiscalização, sinalização e educação no trânsito nessas cidades. 

Os 15 municípios escolhidos são: Amparo, Atibaia, Barretos, Catanduva, Fernandópolis, Itanhaém, Jacareí, Piedade, Praia Grande, Registro, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, São Roque e Sorocaba.

Prefeitos de 15 cidades assinaram convênio com governo paulista para promover ações no trânsito
Ciete Silvério/Divulgação - 23.2.16
Prefeitos de 15 cidades assinaram convênio com governo paulista para promover ações no trânsito


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.