Tamanho do texto

Caso foi descoberto em maio e o Hospital Universitário Vall d'Hebron anunciou nesta segunda-feira que mãe e bebê tinham condição estável

Mãe, que não foi identificada, contraiu o zika vírus em uma viagem no início do ano para a América do Sul
Pixabay
Mãe, que não foi identificada, contraiu o zika vírus em uma viagem no início do ano para a América do Sul

Uma mulher deu à luz em Barcelona um bebê com microcefalia associada ao vírus da zika. É o primeiro caso do tipo detectado na Espanha, segundo autoridades de saúde. O caso foi descoberto em maio e o Hospital Universitário Vall d'Hebron anunciou nesta segunda-feira (25) que a mãe e o bebê tinham condição estável.

LEIA MAIS: Transmissão de zika por pernilongo comum requer mudança em medidas de controle

A mãe, que não foi identificada, havia viajado no início do ano para a América do Sul, onde contraiu a doença. O vírus é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e pode causar microcefalia em recém-nascidos. A doença gera bebês com uma cabeça anormalmente pequena e dano cerebral .

Segundo a página na internet do Ministério da Saúde, a Espanha registrou 190 casos de infecções por zika e todos os casos, exceto um, foram contraídos no exterior. Um caso de contágio por transmissão sexual ocorreu em Madri.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.