Amostra de vacina contra zika tem boa resposta em ratos, diz laboratório

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo Inovio Pharmaceuticals, animais geraram células que desempenham papel importante na imunização do corpo

Pelo menos 15 grupos procuram desenvolver atualmente uma vacina contra o zika vírus
iStock
Pelo menos 15 grupos procuram desenvolver atualmente uma vacina contra o zika vírus

A produção de uma vacina contra o zika virus avançou um pequeno passo nesta quarta-feira (17). O laboratório Inovio Pharmaceuticals declarou que seu experimento se mostrou promissora em ratos. A empresa de biotecnologia dos Estados Unidos espera testar o medicamento em seres humanos ainda este ano.

Em comunicado, a Inovio informou que os animais que receberam a vacina desenvolveram anticorpos e geraram uma resposta de células T, que desempenham um papel importante na imunização do corpo.

A vacina está sendo desenvolvida com a Coreia do Sul e outros colaboradores de universidades. Um pesquisador canadense disse à "Reuters" que os testes da vacina em seres humanos poderiam começar já em agosto. 

Apesar de tudo estar programado para um trabalho acelerado, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ainda irá demorar pelo menos 18 meses para que uma vacina esteja pronta antes de ser testada em larga escala em ensaios clínicos. 

Após o surto de zika no Brasil e o vírus se espalhar por diversos países, pelo menos 15 grupos procuram desenvolver atualmente uma vacina contra o zika vírus, de acordo com a OMS.

O zika, que provocam sintomas como dor de cabeça e muscular e manchas vermelhas na pele, está associado ao aumento dos casos de microcefalia em bebês e à Síndrome de Guillain-Barré, condição neurológica que provoca fraqueza muscular e pode gerar paralisia em alguns membros do corpo, podendo levar o paciente à morte.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas