Mulheres que vivem na Catalunha contraíram o vírus no final de 2015 em seus países de origem na América do Sul; apesar dos casos, autoridades diz que não há risco para população

Aedes aegypti é o responsável pela transmissão da dengue, zika vírus e febre chikungunya
iStock
Aedes aegypti é o responsável pela transmissão da dengue, zika vírus e febre chikungunya

Duas mulheres que vivem na Catalunha, na Espanha, foram diagnosticadas com zika vírus nesta sexta-feira (22). Ambas, que moram em países da América no Sul e têm idade entre 30 e 45 anos, não estão grávidas e já passam bem.

Segundo o Departamento de Saúde da Catalunha, mesmo com esses dois novos casos não existe risco para a população espanhola. De acordo com a agência de notícias "EFE", as duas mulheres contraíram o vírus no final de 2015 em seus países de origem, onde foram picadas pelo mosquito Aedes aegypti , responsável pela transmissão da doença e também da dengue e febre chikungunya.

Para os agentes de saúde do país, a situação nessa região e também na Espanha não é perigosa, pois a doença só é transmitida pelo mosquito. No entanto, as autoridades recomendam que grávidas evitem de viajar para países com casos de zika vírus, como o Brasil, já que a doença está associada ao aumento de ocorrências de microcefalia em bebês.

Ao contrair o zika vírus a pessoa pode ter sintomas como febre, manchas vermelhas na pele, dor nas articulações e em alguns casos conjuntivite. Ainda não há uma vacina para a doença nem mesmo um tratamento específico, somente sintomático.

Veja também: Cuidados que você deve ter para que o mosquito não nasça


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.