Grávida e aterrorizada com o zika, Fontenelle revela: “Tomo banho de repelente”

Aos 41 anos, a atriz, à espera do segundo filho, não esconde a preocupação com a doença, relacionada ao crescimento dos casos de microcefalia em bebês no Brasil
Foto: Reprodução/Instagram
Antônia Fontenelle se preocupa em relação ao zika vírus, doença transmitida pelo Aedes aegypti

Grávida de três meses, a atriz Antônia Fontenelle, de 42 anos, não disfarça a preocupação com um visitante indesejável: o mosquito Aedes aegypti – vetor da dengue, febre chikungunya e do tão temido zika vírus – responsável pelo aumento dos casos de microcefalia no Brasil. “Acordo e fico na dúvida se primeiro escovo os dentes ou se passo repelente”, declara em conversa com o iG .

Antônia não esconde apreensão em relação ao assunto. “Estou muito apreensiva. É preciso ter cuidado redobrado, não tem jeito. Estou tomando banho de repelente para evitar que o mosquito me pique”, admite. 

Antônia tem outros cuidados além do produto. Ficar dentro de casa no fim da tarde, que é quando o Aedes aegypti mais costuma picar, e evitar lugares que possam ter criadouros são alguns deles. “Eu tenho jardim em casa, então sempre fico de olho. Não deixo água acumulada na jacuzzi e a piscina sempre tem de estar limpa.”

A atriz, que foi criada no Piauí, é fã do verão. No entanto, pela primeira vez, Antônia não vê a hora de a estação acabar, já que a chance do mosquito se proliferar é maior devido às altas temperaturas e ao período de chuvas. “Nunca desejei tanto a chegada do inverno. E olha que eu não gosto do frio. Minha estação é sol, calor. Sou nordestina. Mas por conta do meu momento, quero que acabe logo”, afirma.

Antônia vê os casos de microcefalia, malformação congênita na qual os bebês nascem com o cérebro menor, como uma situação grave. Para ela, mães com crianças que têm esse tipo de deficiência são guerreiras e enfrentam uma luta diária.

Muitos médicos têm recomendado para as pacientes que querem engravidar que esperem a epidemia passar para proteger o bebê do zika vírus. No caso de Antônia, a gravidez não foi planejada. “Nada na minha vida é programado, nunca foi. Mas sim, teria esperado. Se sabem que os casos vão aumentar, é prudente que se espere", recomenda.

A atriz, que já tem um filho de 19 anos, vai chamar o caçula, que nasce no fim de julho, de Salvatore.


Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/igvigilante/2016-01-19/gravida-e-aterrorizada-com-o-zika-fontenelle-revela-tomo-banho-de-repelente.html