Tamanho do texto

Infectologista aponta medicação como uma grande esperança para reduzir os casos da doença, hospitalizações e mortes; veja mais dúvidas sobre a vacina respondidas por Renato Kfouri

O infectologista, pediatra e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim), Renato Kfouri, explica que a vacina contra a dengue é uma grande esperança para reduzir os casos da doença, hospitalizações e mortes em decorrência do vírus transmitido pelo Aedes aegypti .

Apesar de a eficácia ser menor do que outras vacinas já conhecidas, como a da paralisia infantil (que beira os 100% de proteção), se 66% dos casos de dengue puderem ser evitados, o ganho para a população é enorme.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre a vacina contra a dengue, aprovada pela Anvisa no final de dezembro de 2015:

Veja também: 
10 fatos que você precisa saber sobre o Aedes aegypti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.