Igreja paga US$ 18 milhões em indenizações por abusos nos EUA

Washington, 13 mai (EFE).- A Igreja Católica do estado de Vermont (Estados Unidos) entraram em acordo para o pagamento de indenizações de quase US$ 18 milhões a 26 ex-coroinhas que denunciaram ter sido vítimas de abusos sexuais cometidos por sacerdotes há mais de 30 anos, informaram fonte sjudiciais.

EFE |

Washington, 13 mai (EFE).- A Igreja Católica do estado de Vermont (Estados Unidos) entraram em acordo para o pagamento de indenizações de quase US$ 18 milhões a 26 ex-coroinhas que denunciaram ter sido vítimas de abusos sexuais cometidos por sacerdotes há mais de 30 anos, informaram fonte sjudiciais. Um dos advogados das vítimas, Jerome O'Neill, explica que eles vão dividir o dinheiro de acordo com a natureza das lesões sofridas, a recuperação e outros fatores. O dinheiro começará a ser pago no final de junho. "Nossos clientes estão felizes pela oportunidade de fechar este capítulo de suas vidas", disse O'Neill. O bispo Salvatore Matano pediu desculpas em nome da Igreja, e afirmou que vai rezar para que as vítimas consigam superar o trauma dos abusos. "Foi um processo muito doloroso para todas as vítimas e para todos os membros da família diocesana", afirmou Matano. As acusações foram dirigidas principalmente contra o sacerdote Edward Paquette, que de dezenas de coroinhas na década de 1970. Em entrevista ao jornal "Burlington Free Press", Paquette, que foi afastado do sacerdócio, disse que estava arrependido de sua conduta e que rezava pelas famílias de suas vítimas. EFE ojl/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG