Herbie Hancock comemora 70 anos com disco cheio de participações especiais

Madri, 10 mai (EFE).- O pianista e músico de jazz americano Herbie Hancock comemora seu 70º aniversário com "The Imagine Letters", um álbum e um documentário que serão publicados no dia 21 de junho e no qual colaboraram, entre outros, Elton John, Pink, Seal e Juanes, informou hoje a Sony.

EFE |

Madri, 10 mai (EFE).- O pianista e músico de jazz americano Herbie Hancock comemora seu 70º aniversário com "The Imagine Letters", um álbum e um documentário que serão publicados no dia 21 de junho e no qual colaboraram, entre outros, Elton John, Pink, Seal e Juanes, informou hoje a Sony. A lista de artistas e canções de "The Imagine Letters" (Sony Music) será finalizada essa semana. Por enquanto já está definida a colaboração dos cantores Elton John e Índia Arieh em "Imagine", Seal e Pink em "Don't Give Up" e a banda irlandesa The Chieftains, o guitarrista africano Lionel Loueke e a cantora irlandesa Lisa Hannigan em "The Times They are a Changin". O álbum guarda outras surpresas como "O tempo de amor", tema no qual colabora a cantora Céu, "Tamatant Tilay" com o grupo tuaregue Tinariwen e Damian Marley, filho de Bob Marley; a música "Minha terra", em que Juanes canta, e "A Change is Gonna Come", com o jovem cantor inglês James Morrison. Um documentário gravado nas sessões de estúdio de Herbie Hancock com os artistas e os músicos que participaram do disco completa o projeto Depois da publicação do álbum, Hancock deve ir à Europa para oferecer 25 concertos em uma viagem que, no entanto, começa e termina nos Estados Unidos com um show no dia 24 de junho no Carnegie Hall de Nova York e no dia 1 de setembro no Hollywood Bowl de Los Angeles. Com "The Imagine Letters", Hancock celebra toda uma vida dedicada ao jazz desde que se apresentou no palco com 11 anos tocando um concerto para piano de Mozart com a Chicago Symphony Orchestra. Em sua carreira solo ele colaborou com artistas como Chick Coreia, Oscar Peterson, Stevie Wonder, Sting, Annie Lennox e Paul Simon. Até o momento o músico americano, ícone do jazz, foi agraciado com um Oscar em 1986 pela música do filme "Por Volta da Meia-Noite" (1986) e seis Grammys. EFE vb/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG