Grupo ataca povoado turístico em busca de ocidentais

Argel, 11 mai (EFE).- Um grupo de dezena de indivíduos fortemente armado atacou há poucos dias o povoado turístico de Tikoubain, a 300 quilômetros de Illizi, no sudeste da Argélia, em busca de turistas estrangeiros a fim de seqüestrá-los, informaram hoje fontes locais.

EFE |

Argel, 11 mai (EFE).- Um grupo de dezena de indivíduos fortemente armado atacou há poucos dias o povoado turístico de Tikoubain, a 300 quilômetros de Illizi, no sudeste da Argélia, em busca de turistas estrangeiros a fim de seqüestrá-los, informaram hoje fontes locais. Os agressores, alguns cobertos com capuzes, chegaram a bordo de três veículos 4x4 e registraram as instalações turísticas onde só encontraram quatro famílias argelinas originárias da cidade de Djanet. Segundo as mesmas fontes, os membros do grupo tranqüilizaram as famílias argelinas e explicaram que estavam à procura de cidadãos ocidentais. Depois que os atacantes abandonassem o lugar, as famílias saíram da zona turística e se deslocaram a Djanet, onde alertaram às forças de segurança, que iniciaram uma operação de busca do grupo sem resultados até o momento. As forças de segurança suspeitam de ativistas da organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), que seqüestrou vários ocidentais nos últimos meses e mantém em seu poder os voluntários espanhóis de uma ONG. O galho da Al Qaeda no Magrebe seqüestrou sete cidadãos ocidentais na Argélia, Mali, Níger e Mauritânia desde novembro. EFE sk-jg/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG