rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). O óbito ocorreu no último dia 18 e a paciente, de 56 anos, estava classificada no grupo de risco por ser hipertensa e cardiopata." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). O óbito ocorreu no último dia 18 e a paciente, de 56 anos, estava classificada no grupo de risco por ser hipertensa e cardiopata." /

Sorocaba anuncia terceira morte por gripe suína

SÃO PAULO - A Secretaria de Saúde de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo, confirmou nesta terça-feira a terceira morte causada pela gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). O óbito ocorreu no último dia 18 e a paciente, de 56 anos, estava classificada no grupo de risco por ser hipertensa e cardiopata.

Redação com Agência Estado |


Os outros dois óbitos confirmados na cidade ocorreram no dia 10 de agosto (sexo feminino, 24 anos) e dia 11 de agosto (sexo feminino, 17 anos). Os resultados dos exames foram divulgados respectivamente nos dias 13 e 15 de agosto, assim que foram liberados pelo laboratório do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo.

Entre todos os 164 casos confirmados da doença em Sorocaba, 4 pacientes estão internados. Os demais já receberam alta.

Barretos

Barretos, no interior de São Paulo, registrou a primeira morte por "gripe suína". A morte ocorreu no dia 19 de agosto, mas o resultado do exame que apontou a causa só foi divulgado nesta terça-feira. Segundo o secretário de Saúde de Barretos, Mussa Calil Neto, a vítima era um homem de 47 anos, obeso e fumante.

Segundo Calil Neto, o morador de Barretos recebeu a visita da filha, que mora em Rio Preto, no Dia dos Pais. Ela estava com quadro gripal, mas o secretário não sabia informar se era "gripe suína" ou não.

Dos 21 casos suspeitos da doença no município, até o momento, dois foram confirmados. Além do homem de 47 anos, um rapaz de 19 anos que estuda na capital também foi diagnosticado com a nova gripe.

De acordo com o secretário, os patrocinadores da Festa do Peão de Barretos - que está sendo realizada na cidade - disponibilizaram álcool em gel em 100 pontos da cidade e a prefeitura instalou duas unidades móveis no Parque do Peão, uma para atender crianças e a outra, adultos.

Minas Gerais

Segundo nota da Secretaria Estadual da Saúde, o número de mortes em decorrência da "gripe suína" subiu para 12 em Minas Gerais . As idades das vítimas estão entre 22 e 62 anos e as mortes aconteceram entre os dias 23 de julho e 23 de agosto.

Entre este número divulgado está a primeira vítima fatal da "gripe suína" em Belo Horizonte, uma mulher, de 26 anos, que estava internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Mater Dei desde o dia 28. Ela morreu no domingo. A doença foi confirmada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo a secretaria, a gestante deu à luz no período em que esteve internada. O bebê passa bem e não foi contaminado.

Santa Catarina

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina também informou nesta terça a 12ª morte pela nova gripe no Estado.

A vítima morreu no dia 11 de agosto e tinha 17 anos. O rapaz residia em Biguaçu, e morreu no Hospital Governador Celso Ramos, em Florianópolis. Ele tinha um transplante renal.

Até o momento foram confirmados 12 mortes pela "gripe suína" e há 209 casos da doença confirmados. Foram descartados 327 casos suspeitos.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínasaúdesorocabasão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG