rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). Além disso, em Minas gerais, a Secretaria Saúde contabilizou um total de 49 vítimas fatais decorrentes da nova gripe." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). Além disso, em Minas gerais, a Secretaria Saúde contabilizou um total de 49 vítimas fatais decorrentes da nova gripe." /

São Paulo e Estados do Sul têm mais 29 mortes por gripe suína

As secretarias de saúde do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Campinas, em São Paulo, anunciaram nesta sexta-feira novas 29 mortes por gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS). Além disso, em Minas gerais, a Secretaria Saúde contabilizou um total de 49 vítimas fatais decorrentes da nova gripe.

Redação |


A Secretaria do Estado da Saúde do Rio Grande do Sul anunciou nesta sexta-feira mais 21 mortes. De acordo com o órgão, todas as vítimas tinham doenças anteriores que agravaram o desenvolvimento do vírus. Com isso, o Estado contabiliza 151 casos fatais decorrentes da nova gripe.

Minas Gerais

A Secretaria Saúde de Minas Gerais anunciou nesta sexta-feira um total de 49 mortes devido à "gripe suína"  no Estado.

Do total de vítimas fatais, duas ocorreram em Pernambuco e, outras duas, em São Paulo, mas foram contabilizadas em Minas Gerais pois tratam-se de vítimas residentes no Estado mineiro.

A secretaria informa, ainda, que foram descartados, até esta sexta-feira, 28 mortes por Influenza A H1N1 em todo o Estado.

Santa Catarina

A Secretaria do Estado da Saúde de Santa Catarina anunciou nesta sexta-feira mais quatro mortes por "gripe suína". De acordo com o órgão, as vítimas tinham doenças anteriores que agravaram o desenvolvimento do vírus. Com isso, Santa Catarina tem 52 casos fatais decorrentes da nova gripe.

Paraná

O Paraná confirmou três novas mortes por "gripe suína". Com isso, tem 220 vítimas fatais e 8.236 casos.

Entre as 220 mortes no Paraná, 56% eram de mulheres. A faixa etária mais atingida foi entre 20 e 49 anos (138 vítimas). O boletim anterior, do dia 9 de setembro, registrava 217 mortes e 6.889 casos.

Campinas

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas divulgou nesta sexta-feira um boletim que confirma mais uma morte por "gripe suína" no município. O boletim, no entanto, aponta que o número de casos graves caiu pela terceira semana seguida. Com isso, Campinas tem 13 casos fatais pela nova gripe.

A nova vítima era uma mulher de 46 anos que morreu no dia 4 de setembro. Ela estava internada desde o dia 24 de agosto em um hospital da rede pública de saúde e seu caso foi confirmado como infecção pelo Influenza A H1N1 no dia 31 de agosto. De acordo com a secretaria, ela tinha doença anterior que a incluía no grupo de risco de pessoas com maior probabilidade de desenvolver formas graves e evoluir para óbito.

Leia mais sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG