rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Estado. Trata-se de um homem de 36 anos, do município de Concórdia, que faleceu nesta quinta-feira (13/08), no Hospital São Francisco." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Estado. Trata-se de um homem de 36 anos, do município de Concórdia, que faleceu nesta quinta-feira (13/08), no Hospital São Francisco." /

Santa Catarina confirma sexta morte por gripe suína

SÃO PAULO - A Secretaria de Saúde de Santa Catarina confirmou nesta quinta-feira a sexta morte por gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Estado. Trata-se de um homem de 36 anos, do município de Concórdia, que faleceu nesta quinta-feira (13/08), no Hospital São Francisco.

Redação |

De acordo com a secretaria, a vítima começou a apresentar sintomas no dia 23 de julho e foi internada três dias depois. Ao todo, o Estado tem 128 casos confirmados, 675 suspeitos, e 259 descartados.

Três mortes em São Paulo

A Secretaria de Saúde de São Vicente, a 65 quilômetros de São Paulo, confirmou nesta quinta-feira a morte de um bebê indígena em decorrência do vírus da "gripe suína". A criança tinha três meses e estava internada no hospital estadual "Guilherme Álvaro", em Santos. Até esta quarta-feira (12/08), o Estado de São Paulo registra 111 mortes.

Segundo a secretaria, a criança, que teria quadro de desnutrição, passou mal na aldeia, na praia de Paranapuã, no dia 3 de agosto e foi levada para o hospital de Santos - que é centro de referência para tratamento da "gripe suína" na região. Mas o bebê não resistiu e morreu na sexta-feira (07/08).

A mãe da criança também estava internada com pneumonia, mas seu exame para a presença do vírus Influenza A (H1N1) teria dado negativo, segundo a secretaria. Ela recebeu alta nesta quarta-feira.

Outra morte também foi confirmada em Santos. A vítima era um homem de 41 anos, que morreu em um hospital particular na quinta-feira passada (06/08).

A prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, informou nesta quinta-feira a terceira morte ocorrida no município em decorrência da "gripe suína". A vítima é um homem de 38 anos que morreu no dia 1º de agosto. 

1ª morte no Norte

O Comitê de Enfrentamento contra a Gripe Influenza A do Governo de Rondônia confirmou nesta quinta-feira a primeira morte pela "gripe suína" no Estado e na Região Norte do País. A vítima era um jovem, de 23 anos, que morreu na segunda-feira.

Segundo a presidente do Comitê, Mirlene Moraes de Souza, o resultado positivo para a doença, constatado pelo Laboratório Adolfo Lutz, de São Paulo, chegou na tarde de ontem ao hospital.

O jovem morava no interior do Estado e foi atendido com os sintomas de broncopneumonia no Hospital Regional. Com o agravamento do quadro de saúde, ele foi transferido para o Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) no dia 31 de julho, onde permaneceu internado na UTI.

O Estado de Rondônia já encaminhou ao Adolfo Lutz 25 amostras de casos suspeitos de gripe suína. Deste total, nove já retornaram. Dois foram confirmados e sete tiveram resultado negativo.

Rio Grande do Sul

Nesta quinta, a prefeitura de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, confirmou mais um óbito na cidade. Ao todo, há agora seis mortos em decorrência da "gripe suína" no município.

Leia também:


Leia mais sobre:
gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínasanta catarinasaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG