rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) foram confirmadas nesta segunda-feira no Rio de Janeiro pela Secretaria Estadual de Saúde. Com isso, sobem para 16 os óbitos confirmados no Estado. Entre as vítimas, estão três crianças e três grávidas." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) foram confirmadas nesta segunda-feira no Rio de Janeiro pela Secretaria Estadual de Saúde. Com isso, sobem para 16 os óbitos confirmados no Estado. Entre as vítimas, estão três crianças e três grávidas." /

Rio de Janeiro confirma mais sete mortes por gripe suína

RIO DE JANEIRO - Mais sete mortes por gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) foram confirmadas nesta segunda-feira no Rio de Janeiro pela Secretaria Estadual de Saúde. Com isso, sobem para 16 os óbitos confirmados no Estado. Entre as vítimas, estão três crianças e três grávidas.

Redação com Agência Brasil |

Duas crianças de 7 anos, uma moradora do Rio e outra de São Gonçalo, morreram no dia 23 de julho. A terceira criança morava no Rio de Janeiro, tinha 8 anos de idade e morreu no último dia 28.

AE
Apenas nesta segunda-feira, sete novos óbitos foram divulgados no Rio de Janeiro

As três grávidas morreram entre os dias 22 e 24. Uma delas morava em Duque de Caxias, tinha 16 anos e morreu no dia 22. No dia seguinte, morreu outra gestante, de 28 anos, residente em São João de Meriti. A terceira, que morreu no dia 24, também morava em Duque de Caxias e tinha 22 anos.

A sétima vítima é uma mulher, de 57 anos, que morava em Nova Iguaçu e tinha problemas cardíacos. Ela morreu no dia 28 de julho

Ainda nesta segunda, mais onze mortes por "gripe suína" foram registradas no País. No Rio Grande do Sul, a secretaria estadual de Saúde anunciou quatro óbitos decorrentes da doença.

O governo de Pernambuco confirmou uma morte  e a Bahia registrou o primeiro óbito pelo vírus Influenza A . Foram anunciadas ainda cinco mortes no interior de São Paulo, sendo uma em Bauru , outra em Valinhos , uma em Amparo  e duas em Campinas.

No final da tarde, a secretaria estadual de Saúde de Santa Catarina confirmou os três primeiros óbitos registradas no Estado em decorrência da gripe suína.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínamortesrio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG