Gripe suína e gripe comum matam da mesma forma, diz ministério - Gripe Suína - iG" /

Gripe suína e gripe comum matam da mesma forma, diz ministério

BRASÍLIA - O diretor do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Eduardo Hage, afirmou, nesta sexta-feira, em Brasília, que a letalidade da gripe suína é semelhante a da gripe comum.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

"No Brasil podemos afirmar que a forma de adoecer, o desenvolvimento e a letalidade são muito semelhantes entre a gripe A e a gripe sazonal (comum), indicou o diretor em entrevista coletiva nesta manhã.

Hage reforça recomendação de retorno às aulas aos alunos da região Sul e Sudeste, mais afetadas pela gripe suína. O pedido faz parte do protocolo de manejo clínico e vigilância epidemiológica da influenza, que cuida dos casos da gripe A (H1N1) do ministério, em trabalho conjunto com os Ministérios da Educação e Cultura.  Eles recomendam que qualquer pessoa com quadro de gripe evite lugares com aglomerações.

Segundo o ministério, houve erro na informação sobre o número total de mortes pela "gripe suína". O número correto é de 29 óbitos, sendo 12 casos em São Paulo, 11 no Rio Grande do Sul, cinco no Rio de Janeiro e um no Paraná. 

De acordo com o último levantamento feito pelo Ministério, há 1.566 casos confirmados de pessoas contaminadas com a gripe A. O País passará a adotar a mesma postura da Organização Mundial da Saúde (OMS) e focar na notificação dos óbitos, não mais no total das pessoas contagiadas.

Em relação à taxa de mortalidade relacionada ao vírus da "gripe suína", os dados passados pelo MInistério indicam que o Chile encabeça o ranking, com 0,4% (por 100 mil habitantes), seguido pela Argentina com 0,34 e a Austrália com 0,17. No Brasil, o índice está em 0,015%.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: doenças de invernogripe suínaprevenção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG