rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) causador da doença que, segundo um relatório do Ministério da Saúde divulgado neste domingo, já matou 514 pessoas no país, duas delas na semana passada." / Gripe suína começa a recuar na Argentina, diz governo - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) causador da doença que, segundo um relatório do Ministério da Saúde divulgado neste domingo, já matou 514 pessoas no país, duas delas na semana passada." /

Gripe suína começa a recuar na Argentina, diz governo

A Argentina já registra uma tendência decrescente da atividade do vírus da gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) causador da doença que, segundo um relatório do Ministério da Saúde divulgado neste domingo, já matou 514 pessoas no país, duas delas na semana passada.

EFE |

O documento, divulgado pela agência estatal "Talam", destaca que as autoridades de saúde sanitárias analisaram "20.409 amostras e confirmaram 8.851 casos" da nova gripe em todo o país.

No relatório anterior, divulgado segunda-feira, o número de mortos era de 512 e os infectados totalizavam 8.384.

"Os vírus da Influenza Pandêmica (H1N1) e da Influenza A (...) chegaram a representar 92,9% dos vírus respiratórios notificados nos maiores de 5 anos", destaca o documento apresentado neste domingo.

Por outro lado, nos menores de 5 anos, esta proporção não passou de 23,5%.

Em julho, auge do inverno no hemisfério sul, a propagação da doença forçou o fechamento de escolas e a suspensão de atividades políticas, culturais e esportivas.

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: argentinagripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG