rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo estimativas das Nações Unidas divulgadas nesta quarta-feira." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo estimativas das Nações Unidas divulgadas nesta quarta-feira." /

Países pobres precisam de US$ 1,5 bilhão para enfrentar gripe suína

GENEBRA - Os países pobres precisam de US$ 1,480 bilhão para enfrentar os efeitos da pandemia de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo estimativas das Nações Unidas divulgadas nesta quarta-feira.

Redação com agências internacionais |

Após a confirmação de que o vírus H1N1 transformou-se em uma pandemia, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e a diretora geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, entenderam que a maior parte dos países pobres e em desenvolvimento não têm condições de enfrentar o problema sem ajuda.

Por isso a ONU está pedindo aos países ricos que contribuam com as nações em desenvolvimento na luta contra a pandemia.

Do total de US$ 1,480 bilhão, US$ 1,140 bilhão será investido na compra de medicamentos e vacinas, US$ 240 milhões para reforçar a preparação dos países, US$ 80 milhões para assumir os custos das agências das Nações Unidas, e outros US$ 20 milhões para contingência.

Ao todo, 61 países receberão auxílio, entre estes três latino-americanos - Bolívia, Haiti e Honduras -, 33 africanos, 18 asiáticos, cinco no leste europeu e na Ásia Central e outros dois no Norte da África e no Oriente Médio.

A ONU dividiu o apoio em três categorias: a primeira para fornecer antibióticos, antivirais e vacinas para proteger as equipes de saúde, o segundo consiste em auxiliar os países na preparação da pandemia, e o terceiro é o apoio financeira para que os especialistas da ONU ajudem os países pobres a colocar em prática as políticas de prevenção.

Com a evolução do vírus, no entanto, a ONU prevê três cenários diferentes: a continuidade da propagação do vírus de forma mais leve, a transmissão rápida do vírus com os mesmos níveis de mortalidade deixando alguns países mais afetados, e a mutação do vírus se tornando algo mais severo, colocando os países atingidos em um sério risco.

Segundo os estudos da ONU, 85 países não têm como obter vacinas contra a gripe pandêmica, o que significa uma demanda de 300 milhões de doses.

Chan negociou com várias indústrias farmacêuticas a doação de 10% da produção das vacinas de gripe pandêmica, o que corresponde a 150 milhões de doses. Por esta conta, ainda faltam comprar 150 milhões de doses, segundo o relatório.

Leia mais sobre gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG