rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), em uma reunião de emergência realizada nesta quinta-feira, em Genebra, na Suíça. O alerta foi elevado do nível 5 para 6, o máximo na escala. No Brasil, onde 52 casos foram confirmados, a ministra interina da saúde, Márcia Bassit, afirmou que esse alerta não muda os procedimentos no País e que http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/11/ministerio+diz+que+gripe+suina+esta+sob+controle+no+br+6682948.html target=_topnão há motivo para pânico." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), em uma reunião de emergência realizada nesta quinta-feira, em Genebra, na Suíça. O alerta foi elevado do nível 5 para 6, o máximo na escala. No Brasil, onde 52 casos foram confirmados, a ministra interina da saúde, Márcia Bassit, afirmou que esse alerta não muda os procedimentos no País e que http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/11/ministerio+diz+que+gripe+suina+esta+sob+controle+no+br+6682948.html target=_topnão há motivo para pânico." /

OMS declara pandemia de gripe suína

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu declarar oficialmente uma pandemia global de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), em uma reunião de emergência realizada nesta quinta-feira, em Genebra, na Suíça. O alerta foi elevado do nível 5 para 6, o máximo na escala. No Brasil, onde 52 casos foram confirmados, a ministra interina da saúde, Márcia Bassit, afirmou que esse alerta não muda os procedimentos no País e que http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/11/ministerio+diz+que+gripe+suina+esta+sob+controle+no+br+6682948.html target=_topnão há motivo para pânico.

Redação com agências |

"O vírus não pode ser retido", destacou a diretora da OMS, Margaret Chan. "Decidimos passar da fase 5 para a fase 6 (do alerta)", afirmou em entrevista à mídia.

"O vírus, totalmente novo, se tramite entre humanos", disse, acrescentando que a pandemia era moderada. A declaração, no entanto, não significa que a "gripe suína" esteja mais severa ou causando mais mortes do que antes.

A decisão da OMS foi tomada depois de um grande aumento no número de casos da doença, que foi registrada pela primeira vez em abril, no México, e já afeta 28.774 pessoas em 74 países, com 144 mortes confirmadas.

Reuters

A diretora da OMS, Margaret Chan, fala sobre a pandemia de gripe suína


De acordo com o mais recente balanço, divulgado pela OMS na última quarta-feira, foram registrados, em apenas dois dias, 2.449 novos casos da gripe - também chamada de gripe A - no mundo, sendo 1.283 no Chile, 173 na Austrália, 33 na Argentina e 331 no Canadá.

O desafio para a OMS agora será conter a ansiedade global que deverá ser provocada pelo anúncio de pandemia e oferecer aconselhamento aos países afetados.

Um porta-voz do órgão disse que cerca de 98% das pessoas afetadas pela "gripe suína" se recuperaram sem a necessidade de tratamento hospitalar.

Gripe no Brasil

A ministra interina da Saúde do Brasil, Márcia Bassit, afirmou no início desta tarde que a alteração no nível de alerta não irá mudar em nada os procedimentos adotados pelo governo brasileiro.

Márcia confirmou 52 casos da doença foram confirmados no País . Segundo ela, 75% dos casos confirmados (39) foram importados de outros países. Muitos desses pacientes já receberam alta.

Segundo a ministra, desde que a Organização alertou pela primeira vez, em 24 de abril, sobre um possível risco de pandemia, o governo brasileiro já vinha adotando total transparência sobre os casos referentes à doença.

Esta nova situação não muda em nada o procedimento do governo. Desde o início, nós mostramos o números de casos confirmados, descartados, informamos os diagnósticos e tratamento", destacou Márcia em entrevista à mídia.

Ela enfatizou ainda que não há motivo para pânico. "A população pode ficar tranquila. Continuaremos com intensa vigilância, frizou.

O Ministério informou ainda que, para todos os casos, estão sendo realizados busca ativa e monitoramento de todas as pessoas que estabeleceram contato próximo com esses pacientes.

*Com reportagem de Carollina Andrade


Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG