de gripe A H1N1 pela OMS) subiu para 30 nesta sexta-feira. O novo caso de óbito registrado aconteceu em Campinas." / gripe suína sobe para 30 no País - Gripe Suína - iG" / de gripe A H1N1 pela OMS) subiu para 30 nesta sexta-feira. O novo caso de óbito registrado aconteceu em Campinas." /

Número de mortes por gripe suína sobe para 30 no País

SÃO PAULO - O número de casos de gripe suína (rebatizada http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_topde gripe A H1N1 pela OMS) subiu para 30 nesta sexta-feira. O novo caso de óbito registrado aconteceu em Campinas.

Redação |


A vítima é uma mulher de 37 anos que não viajou para o exterior e que não apresentava outras doenças. Ela foi internada  na segunda-feira, dia 20, em um hospital da rede pública e morreu na quinta-feira, dia 23.

Até o momento, do total de mortes, 11 foram no Rio Grande do Sul, 13 em São Paulo, cinco no Rio de Janeiro e uma no Paraná.

Segundo o Ministério da Saúde, o índice de mortalidade por Influenza A (H1N1) no Brasil é de 0,015 por 100 mil habitantes.

AE
Edson Nascimento, pai da menina de um ano e meio que morreu infectada

"Gripe suína" é maioria

O Ministério da Saúde estimou, nesta sexta-feira, que 60% dos vírus respiratórios que circulam no país podem ser da "gripe suína" . Mas este número pode aumentar, segundo a entidade. Em outros países, este índice chega a 90%.

A recomendação ministerial é de que o tratamento das pessoas com sintomas de gripe seja o mesmo. O uso de antivirais como o tamiflu deve ser usado apenas em pacientes que a "gripe suína" já foi confirmada. A orientação provém da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Gripe no Mundo

A Organização Mundial da Saúde disse, também nesta sexta-feira, que a pandemia da "gripe suína" já se espalhou para cerca de 160 países, matou cerca de 800 pessoas e precisa ser cuidadosamente observada, caso sofra uma mutação e se torne mais grave no inverno boreal.

"Por enquanto não vimos quaisquer mudanças no comportamento do vírus. O que estamos vendo ainda é uma expansão geográfica pelos países", disse o porta-voz da OMS Gregory Hartl em entrevista coletiva em Genebra.

O novo vírus, conhecido como "gripe suína", tem contaminado pessoas em todo o mundo porque ninguém tem imunidade natural a ele. Como todos os vírus influenza, ele pode circular mais amplamente no clima frio e pode sofrer mutações no inverno, segundo o porta-voz.

"Temos de estar cientes de que poderia haver mudanças, e temos de estar preparados para elas", disse Hartl.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínamortesão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG