rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), cerca de 2,5 milhões de alunos de escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro voltaram às aulas nesta segunda-feira. Entre as medidas anunciadas pelas secretarias de Saúde e de Educação para evitar o contágio estão a substituição de bebedouros por galões de água, o uso de copos descartáveis e a distribuição de gel desinfetante." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), cerca de 2,5 milhões de alunos de escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro voltaram às aulas nesta segunda-feira. Entre as medidas anunciadas pelas secretarias de Saúde e de Educação para evitar o contágio estão a substituição de bebedouros por galões de água, o uso de copos descartáveis e a distribuição de gel desinfetante." /

Medidas preventivas marcam volta às aulas no Rio

RIO DE JANEIRO - Com o fim das férias prorrogadas por causa da gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), cerca de 2,5 milhões de alunos de escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro voltaram às aulas nesta segunda-feira. Entre as medidas anunciadas pelas secretarias de Saúde e de Educação para evitar o contágio estão a substituição de bebedouros por galões de água, o uso de copos descartáveis e a distribuição de gel desinfetante.

Agência Brasil |

No entanto, em algumas escolas do centro, a falta de artigos de higiene é motivo de preocupação para os pais. Na Escola Municipal Rivadavia Corrêa, na avenida Marechal Floriano, com cerca de 600 alunos, pais se queixavam da falta de materiais de limpeza. É o caso de Regina Áurea, mãe da aluna Suede Menezes, do 7º ano.

Há dois anos minha filha estuda aqui e sempre faltou papel higiênico e sabonete. Agora eu quero entrar para ver se todas essas medidas de prevenção estão realmente sendo cumpridas.

A diretora da escola, Bárbara Portilho, negou que faltem materiais de higiene. Segundo ela, devido ao vandalismo por parte de alguns alunos, produtos como papel higiênico são destruídos. Ela informou que já foram distribuídos gel desinfetante e copos de plástico para serem usados no bebedouro, já que a escola não tem galão de água.

Apesar da preocupação com a higiene, mães comemoravam o fim das férias, que inicialmente terminariam em 3 de agosto. Para Thelma Guimarães, que tem uma filha matriculada no 7º ano, o adiamento da volta às aulas foi um exagero e só serviu para prejudicar pais e alunos.

Atrapalha muito, pois não tenho com quem deixar minha filha e ficam vários problemas pendentes para resolver. E para ela também é ruim, porque fica sem ter o que fazer.

Aluno do 8º ano do Colégio Pedro II, Luciano Tinoco Monteiro Júnior, gostou das duas semanas a mais de férias, no entanto, ficou feliz com a volta às aulas.

Foi bom para a gente se prevenir contra a gripe e para se divertir mais um pouco. Mas já estava chato ficar em casa. Queria rever os amigos.

Os alunos do 1º e 3º anos do ensino fundamental, das creches e da pré-escola da rede municipal só voltarão às aulas no dia 24 de agosto. Durante o recesso escolar, haverá distribuição de leite para as crianças das creches, com o objetivo de evitar a perda nutricional. Para receberem o leite, os responsáveis devem ir às unidades onde os filhos estão matriculados.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: escolasgripe suínaprevenção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG