Interior de São Paulo tem mais duas mortes por gripe suína

Órgãos da Saúde em Valinhos e Amparo, no interior de São Paulo, confirmaram hoje duas mortes por contaminação pelo vírus da gripe suína. Com os novos óbitos, sobe para 12 o número de mortes por influenza A na região de Campinas.

Agência Estado |

Os exames que atestaram resultado positivo para gripe suína foram feitos no Instituto Adolfo Lutz.

Em Valinhos, é o segundo registro de óbito pela doença. A Secretaria de Saúde informou que o paciente era um homem de 30 anos, internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa do município desde o dia 12. Ele morreu no dia 26 de julho. O rapaz começou a sentir os sintomas da gripe A no dia 6, após retornar de viagem à Argentina, no dia 3.

A secretaria de Saúde de Amparo informou que a morte registrada no município é a primeira relacionada ao vírus da gripe suína. Trata-se de um homem de 57 anos, que morreu no dia 27 de julho. O paciente era morador de Hortolândia, município de Região Metropolitana de Campinas, e estava internado no Hospital Psiquiátrico Ismael, referência regional no tratamento de problemas psiquiátricos e de alcoolismo. Segundo informou a secretaria, o paciente era fumante, tinha problemas respiratórios e chegou ao hospital em Amparo no dia 17, já debilitado.

No dia 21, apresentou os primeiros sintomas da gripe A e recebeu os cuidados da equipe clínica da unidade. Com o quadro agravado em 24 de julho, foi levado para o pronto-socorro da Santa Casa Anna Cintra, onde passou por exames que não detectaram pneumonia. Ele foi liberado, mas voltou a ser internado no dia 26.

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG