HC de Curitiba destina ala específica para gripe suína

A partir de hoje a unidade de urgência e emergência do Hospital de Clínicas de Curitiba está destinada para atendimento exclusivo de pacientes com suspeita da gripe suína. Mas somente serão aceitos aqueles que forem encaminhados por uma das oito unidades básicas de Curitiba ou pelos serviços médicos dos municípios de origem.

Agência Estado |

De acordo com a diretora geral do HC, Heda Maria Amarante, a decisão de destacar uma ala inteira do maior hospital de referência do Paraná para atendimento prioritário a pacientes de gripe suína deve-se ao aumento de casos. "O número de casos aumentou e é necessário ter possibilidades de tratar doentes graves, alguns pacientes, numa taxa talvez de 0,1% a 0,2% daqueles acometidos de gripe, que vão desenvolver caso grave", disse.

Nessa ala estão 14 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo, 15 de semi-intensivo e outros dez de observação, além do pronto atendimento. Diariamente passavam por ali, em média, cem pessoas com as mais diversas enfermidades, mas a maioria não precisava de internamento. Agora, todas devem procurar as unidades básicas e somente os casos graves de doenças respiratórias que se encaixam na suspeita de gripe suína serão encaminhados. "Que a população não faça procura direta no Hospital de Clínicas, mas que saiba que existe respaldo aqui para todo atendimento necessário a doenças respiratórias", acentuou a diretora.

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG