Gripe: 3 vítimas do RS viajaram para Uruguai e Argentina

Pelo menos três dos cinco pacientes que morreram em decorrência da gripe suína no Rio Grande do Sul tinham feito alguma viagem para os países vizinhos, Uruguai e Argentina. Das cinco mortes anunciadas no Estado, duas tiveram a causa da gripe suína confirmada hoje por exames da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro: Diogo Carvalho, de 26 anos, e Lucídio Klein, de 31 anos, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde.

Agência Estado |

Ao ser internado, Diogo informou que tinha feito uma viagem para o Uruguai.

Segundo o secretário de Saúde, José Haidar Farrett, Diogo deu entrada no Hospital Universitário na quinta-feira da semana passada com os sintomas iniciais da nova gripe. Ele morreu três dias depois. Lucídio, que era funcionário do Hospital Universitário, foi internado na segunda-feira, dia 6, e morreu também na quinta-feira, dia 9.

Ainda no período da tarde, a prefeitura de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, confirmou que dois homens morreram na semana passada no município, mas só hoje o hospital recebeu o resultado dos exames do laboratório do Rio de Janeiro. As vítimas teriam viajado para a Argentina. Hoje pela manhã, também foi divulgada a morte de um caminhoneiro da cidade de Itaqui, no Rio Grande do Sul.

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG