rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, de acordo com a Secretaria de Saúde do município. Já foi feita a coleta de mucosa para comprovar a presença ou não do vírus." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, de acordo com a Secretaria de Saúde do município. Já foi feita a coleta de mucosa para comprovar a presença ou não do vírus." /

Grávida de seis meses morre com suspeita de ter contraído gripe suína

Uma mulher de 31 anos, grávida de seis meses, morreu nesta sexta-feira com suspeita de ter contraído a chamada gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, de acordo com a Secretaria de Saúde do município. Já foi feita a coleta de mucosa para comprovar a presença ou não do vírus.

Redação |


De acordo com o secretário de saúde, Alberi Grando, a mulher apresentou-se ao hospital com quadro de infecção respiratória grave e, cinco horas depois, morreu.

Na cidade de Passo Fundo já haviam sido confirmadas as mortes de um comerciante, no dia 8 de julho, de 42 anos, que apresentava histórico de hipertensão arterial, e, no dia 10, de um garçom, de 30 anos, que também era hipertenso.

Nesta quinta-feira, cinco mortes em decorrência da nova gripe foram registrados no Rio Grande do Sul. Os locais de contaminação seguem em investigação, exceto o caso de Uruguaiana, onde, nesta madrugada, um caminhoneiro de 35 anos morreu na Santa Casa da cidade.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínario grande do sulsaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG