rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo uma orientação normativa do Ministério do Planejamento." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo uma orientação normativa do Ministério do Planejamento." /

Governo federal afasta grávidas do atendimento ao público

SÃO PAULO - Mulheres grávidas que trabalham no atendimento ao público para o Executivo Federal serão remanejadas para áreas internas dos órgãos em que trabalham para que sejam minimizadas as possibilidades de contágio por gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), segundo uma orientação normativa do Ministério do Planejamento.

Redação |

A medida vale para as servidoras, empregadas públicas, contratadas temporárias e estagiárias, e deve ser tomada imediatamente durante um prazo de 30 dias.

Em nota, a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério informou que tomou esta medida considerando que as gestantes apresentam maior risco de desenvolver complicações decorrentes do vírus da nova gripe. A medida também estabelece uma licença para tratamento de saúde ou afastamento, que poderão ser concedidos nos casos onde houver indicação médica específica.

Segundo a nota do Ministério, a orientação normativa também determina que os órgãos deverão providenciar em seus espaços formas de prevenção, controle e proteção do local de trabalho dos servidores, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde.

Nesta sexta, a Organização Mundial da Saúde divulgou que o vírus da "gripe suína" já é o dominante no planeta .

Leia também:


Leia mais sobre:
gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG