rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), que estará disponível em outubro nos Estados Unidos, provaram que um adulto necessitará somente de uma dose para se tornar imune à doença, dez dias após sua administração, informou hoje o Departamento de Saúde americano." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), que estará disponível em outubro nos Estados Unidos, provaram que um adulto necessitará somente de uma dose para se tornar imune à doença, dez dias após sua administração, informou hoje o Departamento de Saúde americano." /

EUA anunciam que 1 adulto precisará de apenas 1 dose de vacina contra gripe

WASHINGTON - Os últimos testes clínicos da vacina contra a gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), que estará disponível em outubro nos Estados Unidos, provaram que um adulto necessitará somente de uma dose para se tornar imune à doença, dez dias após sua administração, informou hoje o Departamento de Saúde americano.

EFE |

A estimativa é resultado de testes com uma dose simples de 15 microgramas, que foram feitos na Austrália com o mesmo fabricante contratado pelos Estados Unidos para produzir a vacina, segundo o Departamento de Saúde.

Anthony S. Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, que patrocina os testes clínicos nos EUA, assegurou hoje que as mostras de sangue extraídas de adultos entre 8 e 10 dias depois da administração da vacina refletiram uma "robusta resposta imune".

A imunidade se manifestou em 96% dos adultos sãos, entre 18 e 64 anos, nos quais se testou o variante da farmacêutica Sanofi, e em 80% dos que participaram do teste com o da CSL Limited, segundo um comunicado do Departamento de Saúde.

Estes dados demonstram que deve ser possível vacinar e imunizar 159 milhões de pessoas que o Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) qualifica como população de alto risco de contágio, antes do momento de maior expansão da gripe, durante o inverno.

O grupo de risco inclui mulheres grávidas, menores de 24 anos, pessoas que cuidam de bebês, funcionários do setor de saúde e aqueles com condições médicas preexistentes.

"São notícias muito boas. A necessidade de duas doses significaria um tremendo desgaste para o fornecimento nacional e global das vacinas", disse Fauci, em comunicado.

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas acrescentou que a vacina é segura e que não houve o registro de efeitos colaterais perigosos, além de dores de cabeça ou braços doloridos.

O Governo americano espera dispor de 195 milhões de doses da vacina até o final do ano.

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: euagripe suínavacina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG