rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), recebeu 5.524 ligações até as 18 horas desta segunda-feira." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), recebeu 5.524 ligações até as 18 horas desta segunda-feira." /

Disque-Gripe do Rio atende 5,5 mil no primeiro dia

RIO DE JANEIRO - No primeiro dia de funcionamento, o Disque-Gripe, serviço de teleatendimento do governo e da prefeitura do Rio de Janeiro para orientar a população sobre a gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), recebeu 5.524 ligações até as 18 horas desta segunda-feira.

Agência Estado |

A subsecretária estadual de Atenção à Saúde, Hellen Myiamotto, afirmou que o objetivo do serviço é diminuir a procura pelos hospitais em casos de resfriados e aumentar a detecção de casos que se agravam de forma súbita. De acordo com a prefeitura, o Disque-Gripe é capaz de atender até 8 mil ligações por dia.

A reportagem ligou duas vezes para o número (0800-281-0100) e foi atendido imediatamente. As orientações foram corretas. Na primeira vez, com o relato de sintomas mais graves, como falta de ar e febre, a atendente recomendou a procura de um médico. Na segunda, relatando sintomas mais leves como coriza, tosse e dor de cabeça, a orientação foi a de ligar de novo caso os sintomas persistissem por mais de 24 horas. Em ambas ligações, a reportagem recebeu número de protocolo e teve de dar informações pessoais.

A subsecretária afirmou que as equipes técnicas das secretarias municipal e estadual da Saúde criaram um protocolo de forma que o atendimento não precisa ser feito por profissional de saúde. Mesmo assim, sempre há três médicos de plantão. O atendimento trabalha com perguntas fechadas, como se há febre ou não. Não tem espaço para dúvidas, disse. Nos casos mais graves, o Disque-Gripe repassa a ligação para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O site www.riocontragripea.rj.gov.br orienta qual procedimento a pessoa com sintomas deve tomar por meio de questionário elaborado para pacientes maiores de 5 anos. Até as 18h30 de ontem, 3,3 mil responderam o teste. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: doenças de invernogripe suínaprevenção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG