rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), caso as indicações legislativas 4.248/09 e 4.250/09 sejam atendidas pelo governador Sérgio Cabral e pelo prefeito Eduardo Paes." / gripe suína - Gripe Suína - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), caso as indicações legislativas 4.248/09 e 4.250/09 sejam atendidas pelo governador Sérgio Cabral e pelo prefeito Eduardo Paes." /

Deputado pede licença para servidoras grávidas do RJ devido à gripe suína

RIO DE JANEIRO - As servidoras públicas do Estado e do município do Rio de Janeiro que estiverem grávidas poderão receber uma licença do trabalho de até 60 dias para se protegerem da contaminação pelo vírus da gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), caso as indicações legislativas 4.248/09 e 4.250/09 sejam atendidas pelo governador Sérgio Cabral e pelo prefeito Eduardo Paes.

Redação |


De autoria do deputado Dionísio Lins (PP), as sugestões objetivam resguardar as gestantes que se enquadram no grupo de risco da doença, sendo mais suscetíveis ao avanço da gripe. Trata-se, no entanto, de uma indicação que não prevê multas nem obrigatoriedade de adesão.

As duas indicações legislativas devem ser publicadas no diário oficial nesta terça-feira e, a partir de então, o governador Sérgio Cabral e pelo prefeito Eduardo Paes têm 15 dias para darem seu parecer.

É muito importante que tenhamos medidas preventivas à gripe suína neste momento tão complicado, principalmente para aquelas pessoas que fazem parte do grupo de risco e que merecem uma atenção especial. Tenho certeza que o governador e o prefeito vão olhar para estas indicações com carinho porque, se não podemos deter a contaminação, podemos ao menos resguardar estas pessoas. Precisamos ter políticas específicas voltadas para as grávidas. Os casos são preocupantes já que temos visto, com frequência, tristes notícias de mortes de grávidas infectadas pelo vírus, justificou o parlamentar.

Medidas do governo

Embora a procura por atendimento médico por pessoas com "gripe suína" tenha caído nos últimos dias, o secretário de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes, disse nesta segunda-feira que vai anunciar nesta semana ações para evitar que mais gestantes sejam infectadas .

O secretário não descartou que as grávidas possam ser afastadas do trabalho, assim como determinou o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Devemos anunciar amanhã ou quarta-feira uma ação exclusiva para a gestante em relação ao trabalho, afirmou durante um evento na Escola Nacional de Saúde Pública, na zona norte da capital fluminense.

Ao comentar a iniciativa do Tribunal, Côrtes disse que a decisão de afastar as grávidas do trabalho por 15 dias foi uma medida de precaução e responsável. Agora vamos discutir mais profundamente para que seja para todas as gestantes no Estado.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG