SÃO PAULO - A prefeitura de Bauru, no interior paulista, confirmou a primeira morte decorrente da gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/gripesuina/2009/04/30/gripe+suina+oms+decide+adotar+a+denominacao+gripe+a+h1n1+5867930.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no município. A vítima, uma mulher de 22 anos, diabética, apresentou os primeiros sintomas da doença no dia 25 de julho.

Ela foi internada no Hospital Estadual de Bauru no dia 26. Dois dias depois foi feita a coleta de material para exame e teve início o tratamento. Segundo a prefeitura, há 15 casos confirmados da doença na cidade e 48 aguardam confirmação.

Bahia

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) também anunciou nesta segunda-feira a confirmação do primeiro caso de morte pelo vírus da "gripe suína" no Estado.

De acordo com a secretaria, o paciente, que tinha 50 anos, faleceu na terça-feira passada, em um hospital particular. Ele era hipertenso e tinha histórico familiar de morte súbita.

Os exames que atestaram resultado positivo para "gripe suína" foram feitos na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio. A Vigilância Epidemiológica da secretaria de saúde da Bahia informou que está investigando qual foi a fonte de contaminação do paciente e monitorando seus familiares para verificar se houve contágio.

(*Com informações das agências Brasil e Estado)

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.