Aglomeração facilita disseminar doenças respiratórias, alerta médico

Um dos principais motivos de propagação de gripes e resfriados no inverno é a aglomeração de pessoas, alerta o infectologista Mauro Salles. Até setembro, quando termina a estação, haverá mais facilidade das pessoas contraírem gripe, além de doenças respiratórias como bronquite, pneumonia, rinite e sinusite.

Agência Estado |

Segundo Salles, primeiro secretário da Sociedade Brasileira de Infectologia , na maioria dos casos, essas doenças são causadas por vírus ou bactérias e transmitidas por gotículas expelidas por vias aéreas.

A tendência das pessoas a ficarem mais próximas uma das outras em locais fechados, segundo especialistas, reforça que a disseminação das moléstias é mais frequente nesses períodos. Para evitar contrair essas doenças, além de evitar aglomerações, Salles recomenda higienizar as mãos com frequência, usar lenço de papel ao tossir ou espirrar, manter-se hidratado e ter uma alimentação saudável.

Para reforçar o sistema imunológico, alimentos ricos em vitamina C - como limão, laranja, abacaxi e acerola - devem substituir os produtos com conservantes e corantes. Atividade física também é muito importante, pois aumenta a capacidade respiratória das pessoas. Os cuidados devem ser tomados por todos, pois o infectologista ressalta que não há faixa etária mais propensa ao desenvolvimento dessas doenças. O infectologista alerta ainda sobre o uso de medicamentos sem prescrição médica, que em casos de doenças respiratórias pode aumentar a multiplicação de seus agentes causadores.

AE

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG