Governador do Texas diz que vazamento de petróleo é "ato de Deus"

Washington, 4 mai (EFE).- O governador do Texas, Rick Perry, disse hoje que o vazamento de petróleo no Golfo do México é um "ato de Deus" e reforçou que não será inteligente especular a razão da explosão na plataforma.

EFE |

Washington, 4 mai (EFE).- O governador do Texas, Rick Perry, disse hoje que o vazamento de petróleo no Golfo do México é um "ato de Deus" e reforçou que não será inteligente especular a razão da explosão na plataforma. Segundo ele, a expressão "ato de Deus", que utilizou pela primeira vez na segunda-feira, quer dizer o mesmo que "ninguém sabe o que aconteceu". O poço subterrâneo joga nas ao redor de 800 mil litros diários de petróleo, equivalente a cerca de 5 mil barris de petróleo, segundo os números oficiais. "Se a definição de 'ato de Deus' for olhada, a usamos em termos legais durante muito tempo neste estado", disse Perry no Capitólio do Texas, na cidade de Austin. "Ninguém sabe o que aconteceu e disse em meu discurso que há um montão de especulações. Pode ter sido um ato de Deus", ressaltou o governador. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG