Dayanne está presa por subtração de incapaz. Pedido feito pelo advogado Quaresma será apreciado por desembargador

selo

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) confirmou nesta sexta-feira o recebimento de um habeas corpus para Dayanne de Souza, mulher do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza. O pedido, feito pelo advogado Ércio Quaresma, será apreciado pelo desembargador Doorgal Andrada, da 4ª Câmara Criminal.

Dayanne está presa por subtração de incapaz no complexo penitenciário Estevão Pinto, na região metropolitana da capital mineira. Ela foi autuada por tentar esconder o bebê de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno.

A prisão de Dayanne faz parte da investigação sobre o desaparecimento de Eliza. A jovem sumiu no início de junho. Um adolescente de 17 anos, primo de Bruno, afirmou à polícia que Eliza foi morta por estrangulamento, mas o suposto corpo ainda não foi localizado. A juíza Marixa Lopes Rodrigues, da comarca de Contagem, em Minas Gerais, negou esta semana um pedido de revogação da prisão temporária feito pela defesa de Dayanne.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.