Saiba quem são as mulheres do goleiro Bruno

Investigação sobre a morte de Eliza Samudio colocou em evidência a vida amorosa do jogador

Alessandra Mendes, especial iG em Minas Gerais | 15/10/2010 20:05

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

As investigações sobre o desaparecimento e suposta morte de Eliza Samudio que levaram para a prisão o goleiro Bruno Fernandes de Souza, 25 anos, colocaram em evidência a vida amorosa do jogador, com uma profusão de namoradas, amantes ou noivas.  

A própria Eliza foi um ex-caso de Bruno. Fora ela, outras três mulheres ligadas a Bruno estão em evidência. Duas estão entre os nove presos suspeitos de envolvimento no caso. A terceira é testemunha de defesa.

Dayanne Souza, 23 anos, e Fernanda de Castro, 31 anos, convivem na mesma penitenciária, em Belo Horizonte. A primeira é oficialmente a esposa do goleiro, com quem o goleiro tem duas filhas. Dayanne e Bruno são casados legalmente, mas, de acordo com familiares dos dois, o casal estava vivendo em casas separadas há algum tempo. Segundo um dos advogados de Bruno, Wasley César de Vasconcelos, o jogador classifica Dayanne como ex-mulher. "São casados no papel, mas separados de corpos", explica o advogado.

Segundo o defensor de Dayanne, Francisco Simim, apesar de morar em casas separadas no Rio de Janeiro, o casal se dava bem em função dos filhos. "Ela sempre vinha para o sítio dele em Minas. Além disso, o casal estava pensando em reatar por causa das crianças", assegura. O advogado também afirma que Dayanne sabia das outras mulheres de Bruno, mas que ele agora estaria disposto a largar tudo para ficar com ela e com as filhas.

A mulher que está presa junto com Dayanne na Penitenciária Feminina Estevão Pinto, na capital mineira, se refere ao goleiro como um ex-namorado. Fernanda de Castro chegou a dizer que desejava se casar com Bruno assim que ele fosse solto. Mas, segundo a advogada de Fernanda, Carla Silene, a jovem não tem mais nenhum interesse em reatar o relacionamento. Silene não explicou, contudo, os motivos pelos quais a loira resolveu mudar de idéia.

Se depender de Bruno, o affair com Fernanda também não terá volta. De acordo com o advogado dele, Wasley César de Vasconcelos, o goleiro refere-se a Fernanda como uma amiga, alguém com quem teve um relacionamento no passado. E só. Em julho, contudo, logo após ser preso, Bruno pediu que um de seus advogados perguntasse a Fernanda se ela ficaria com ele. Na época, a loira também disse sim.

Outra ligação amorosa de Bruno reapareceu na história esta semana. A dentista Ingrid Oliveira, 24 anos, esteve nesta quinta-feira (14/10) no Fórum de Contagem afirmando ser “noiva” do jogador. O que é legalmente impossível, já que o goleiro continua casado com Dayanne. Ela também é testemunha de defesa de Bruno no processo.

Ingrid foi proibida de entrar na sala de audiência, mas através de uma porta de vidro fez com as mãos um sinal de coração para o goleiro. E ainda disse que pretende visitá-lo neste fim semana na penitenciária Nelson Hungria.

Perguntado pelo advogado como deveria ser classificado seu relacionamento com a dentista, Bruno respondeu que ela era sua “noiva”, segundo um dos defensores de Bruno, Wasley César de Vasconcelos. "Ele disse que ela é a mulher da vida dele".

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo