Primo de Bruno já pode ser transferido para Minas Gerais

Autorização foi dada no início da noite pelo Tribunal de Justiça do Rio

iG Rio de Janeiro |

A assessoria da presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) afirmou que foi autorizado no início da noite desta segunda-feira (12) o pedido da polícia mineira para a transferência do adolescente de 17 anos, primo do goleiro Bruno, que relatou detalhes do possível desaparecimento e assassinato de Eliza Samudio, ex-amante do atleta.

O menor está detido no Instituto Padre Severino, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, desde que voltou de Minas Gerais após fazer a reconstituição do suposto crime.

A autorização foi dada pelo juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude, Marcius Ferreira, que além de concordar que as investigações estão sob responsabilidade da polícia mineira, levou em conta que o adolescente ficará perto dos pais, que moram em Minas Gerais. O Degase (Departamento Geral de Ações Sócioeducativas) não informou que horas e como será a transferência.

*reportagem de Bruna Fantti, especial para o iG

    Leia tudo sobre: Eliza SamudiogoleiroBrunodesaparecimento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG